Dicas para preparar o novo ano letivo com organização e tranquilidade

Artigo escrito em exclusivo para a B de Brincar por Oficina de Psicologia


Quer o seu filho tenha tido um verão em cheio ou tenha passado o tempo aborrecido por não ter nada para fazer, para a maioria das crianças o regresso à escola tem um significado especial. Uns entusiasmados por matar as saudades dos amigos, outros com um nervoso miudinho só de pensarem nos crescentes desafios que terão. Independentemente das suas motivações e receios, cada criança necessita de tempo para se adaptar às novas rotinas.

Os que vão para a escola pela primeira vez, ou que vão mudar de ciclo de estudos ou de escola, provavelmente terão algumas borboletas no estômago. Tenha paciência e tente compreender a criança. Converse com ela e explique-lhe que toda gente, miúdos e graúdos, sentem ansiedade no primeiro dia de escola, e, à medida que os dias vão passando, vai desaparecendo. Dê-lhe espaço para partilhar os seus receios. Estará a criança preocupada em não conseguir fazer amigos? Ou terá medo de reencontrar o colega conflituoso? Estará pouco confiante das suas capacidades para obter boas notas? Seja empático com estas preocupações, ajude-o a encontrar soluções e transmita confiança de que este novo ano letivo vai correr melhor!

Dê enfase aos aspetos positivos de voltar à escola: rever amigos e professores, conhecer novos colegas e fazer amizades, aprender novas matérias, praticar novas modalidades desportivas.

Aproveite o início deste novo ano letivo, para melhorar aspetos e rotinas que não funcionaram bem no ano anterior. Todas as manhãs era uma guerra para saírem de casa? Façam uma checklist de tarefas para cada elemento da família e definam as regras e rotinas previamente. Deixar a mochila da escola, a pasta do trabalho e a roupa preparadas na noite anterior ajuda bastante. Tente acordar e preparar-se um pouco mais cedo que as crianças, para estar mais disponível para elas. Comer o pequeno-almoço ou vestir-se são tarefas feitas ao ritmo de caracol? Experimente dar um cronómetro ao seu filho para que não se perca no tempo.

O seu filho costuma ter o quarto sempre desarrumado? Reorganizar a disposição do quarto e zonas para guardar os brinquedos e o material escolar, pode ajudar a torná-lo mais prático. É indispensável que a zona de estudo e a secretária estejam arrumadas e livres de estímulos de distratores durante as horas de estudo.

É daqueles que se desorienta e esquece das datas dos testes e trabalhos de casa? Façam uma tabela ou usem um bloco de notas para a criança ir ganhando o hábito de apontar todas as tarefas escolares, aprendendo a ser responsável e autónomo.

Se o seu filho tem dificuldade em lidar com as mudanças de rotina, ajude-o a reajustar-se no pós férias, regularizando o horário de sono, nas semanas que antecedem o início das aulas. Podem fazer em conjunto uma tabela com os novos horários das aulas e as atividades extracurriculares, planear quem irá levar e buscá-lo à escola, que autocarros terá de apanhar, etc., para a criança saber com o que vai contar e sentir-se mais tranquila.

E o pai e a mãe também têm borboletas na barriga por voltarem à rotina? Tente controlar o stress antecipado e preparar o novo ano com tranquilidade. Como se costuma dizer: só custa começar!

Por Raquel Carvalho
Psicóloga Clínica - Oficina de Psicologia