ag-4_o_palcio_do_marqus
ag-4_o_palcio_do_marqusag-4_1_o_palcio_do_marqus

Oeiras, meados do séc. XVIII. Sebastião José de Carvalho e Melo (Marquês de Pombal), no seu Palácio, desfruta do seu precioso tempo de lazer, quando o seu mordomo constata que baralhou um pouco a sua agenda. Algumas visitas importantes estão para chegar ao Palácio mas ninguém sabe nem quem nem quando...

Em O Palácio do Marquês, cada jogador encarnará o papel de um candidato a novo mordomo do Marquês de Pombal e terá que liderar uma equipa de trabalhadores nos serviços de preparação dos respectivos locais para receber dignamente as visitas.

Os trabalhadores encontram-se na Casa da Malta e serão pagos pelos seus serviços. A atenção estará focada nos locais de recepção às visitas (personagens), onde terão que exercer algumas funções de manutenção e serviços, mas também terão que explorar os recursos da Quinta (Azeitona, Uvas, Folhas de Amoreira/Bichos-da-seda) com o objectivo de produzir azeite, vinho de Carcavelos e casulos de seda.

É necessário produzir para gerar dinheiro (exportar pela ribeira da Lage) e, ao mesmo tempo, receber bem os visitantes (personagens) para que o jogador possa ser agraciado com os seus favores (acções especiais dos personagens) e assim obter a maior pontuação para vencer o jogo.

O Palácio do Marquês é um jogo de tabuleiro moderno com mecânica de alocação de trabalhadores e gestão de recursos. Tem ainda a mecânica de rolagem de dados, cujo valor pode ser aumentado pagando moedas em troca.

Os personagens deste jogo são figuras históricas que se cruzaram de uma forma ou de outra com o Palácio, mas a figura principal é o Palácio em si. O jogo foca algumas das antigas actividades da Quinta e também chama a atenção para a beleza do edifício, os seus Jardins, a Cascata dos Poetas, a Casa da Pesca, os lagares do Vinho e do Azeite.

Número de jogadores: 2 a 4.
Duração: 30 a 60 minutos.
Idades: A partir dos 10 anos.

O Palácio do Marquês
(AG-4)

30,00 € cada

1 item in stock
+
Comprar